Sobre este Relatório 102-53 | 102-55

Comentários, críticas ou sugestões:
relatoriovsa@votorantim.com

Com este documento, que compreende o exercício de 2019, a Votorantim busca apresentar aos seus stakeholders a evolução da gestão de seu portfólio, as conquistas e os desafios vivenciados no período, assim como os resultados econômico-financeiros consolidados auditados pela PwC. Traz ainda um breve relato dos desempenhos operacional, social e ambiental das empresas investidas – Votorantim Cimentos, banco BV, Votorantim Energia, Nexa, Citrosuco (cujo período reportado respeita o ano-safra de julho de 2018 a junho de 2019), CBA, Acerbrag e Acerías Paz del Río. 102-45 | 102-50 | 102-52

Publicado pelo nono ano consecutivo, o relatório foi elaborado de acordo com as diretrizes Standards da Global Reporting Initiative (GRI), opção Essencial, e das orientações da Interna- tional Integrated Reporting Council (IIRC) e dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), da Organização das Nações Unidas (ONU). Ele foi submetido à asseguração limitada, conduzida pela PwC. 102-54 | 102-56

Em relação à publicação anterior, divulgada em março de 2019, não há qualquer alteração de limite ou escopo, tampouco de informações referentes a exercícios passados. 102-48 | 102-49 | 102-51

A Votorantim disponibiliza um hotsite com a versão on-line do relatório completo, que inclui as Demonstrações Financeiras Consolidadas, assim como o Sumário GRI.

 

Comentários,
críticas ou sugestões:
relatoriovsa@votorantim.com

 

Materialidade 102-4 |102-15 | 102-21 | 102-32 | 102-40 | 102-42 | 102-43 | 102-46 | 102-47

O levantamento da materialidade é um processo que visa identificar temas relevantes que possam influenciar de forma substancial as avaliações e decisões dos stakeholders. A revisão dos temas materiais, conduzida em 2018 por consultoria externa, envolveu três fases:

  • Análise de documentos internos da holding e das empresas investidas.

  • Entrevistas com executivos da Votorantim, profissionais das áreas de sustentabilidade e governança das empresas investidas, especialistas em finanças e sustentabilidade, especialistas acadêmicos e investidores nos mercados nacional e internacional.

  • Análise dos dados e informações coletados na apuração dos documentos e nas entrevistas.

 

Em razão da diversidade do portfólio de negócios, os temas foram estruturados em:

a. Transversais à Votorantim e suas empresas investidas.

b. Específicos, de acordo com a natureza de cada negócio do portfólio.

A materialidade foi validada pela Diretoria-Executiva da Votorantim, e os temas identificados referenciam o conteúdo deste relatório e os indicadores GRI reportados. Em 2019, a Votorantim, com o apoio de uma consultoria externa, conduziu uma análise das demandas do público financeiro sobre questões ambientais, sociais e de governança (ESG, na sigla em inglês). O estudo se baseou na análise das metodologias dos principais provedores de índices de sustentabilidade e consultorias de análise ESG no Brasil e no exterior, além de iniciativas como Carbon Disclosure Project (CDP) e Task Force on Climate-Related Financial Disclosure (TCFD). Cruzando esses temas com a materialidade e as características de atuação da holding e suas investidas, foram priorizados assuntos que devem ser endereçados na estratégia de investimento, na comunicação com stakeholders e no reporte de indicadores do Relatório Anual.